It: A Coisa ganhou uma nova adaptação para os cinemas digna da sua obra original, que retrata a primeira parte do livro. Acompanhando o “Clube dos Otários” em seu 1º confronto contra Pennywise. Mas mesmo fazendo jus ao clássico do mestre Stephen King, o livro ainda tem mais obscuridade que sua adaptação cinematográfica. IT: A Coisa é um enorme livro composto e idealizado em um universo muito louco. Por isso resolvemos listar alguns fatos sobre IT: A Coisa.

Aviso! está lista contém spoilers.

6Inspiração nas drogas

Um dos fatos sobre It: a Coisa é que Stephen King era um viciado em cocaína e bebidas alcoólicas, ele chegava ao extremo de enfiar algodão no nariz para conter as gotas de caírem em sua máquina de escrever. Dizem que ficava sóbrio por aproximadamente 3 horas por dia nos anos 80. Sua esposa, Tabitha Spruce, o encontrava desmaiado em poças de vômito.

Neste clima louco e pesado Stephen criou seus romances: IT, Christine, primeiros volumes de Torre Negra e vários outros de seus best-sellers. O negócio era tão sério que o mestre declarou não se lembrar de escrever a obra “Cujo”. King só se livrou das drogas nos anos 90. Então não se assuste com nenhuma maluquice escrita em seus clássicos favoritos, porque elas foram escritas por um cara cheio de entorpecentes.

5Ser extradimensional

Este tópico sobre 6 fatos sobre It: a Coisa reforça o anterior. A obra IT é totalmente urbana, o que leva o leitor a associar o monstro a algum tipo de lenda urbana, demônio, espirito maligno ou qualquer ser sobrenatural. Que são clichês em histórias com esta ambientação. Mas estamos falando do mestre King.

Apesar de IT ter poderes sobrenaturais, ele segue regras mundanas e físicas no livro. Como por exemplo viver em um lugar em especial (no caso, os esgotos), sair em pontos específicos e só atacar crianças quando estão sozinhas. Além disso descobre–se que IT mora na cidade de Derry a anos, e seu ciclo de ataques se repetem a cada 27 anos.

Mas aí vem a ideia “noiada” do mestre do terror. No livro os garotos utilizam uma fumaça para terem visões reveladoras. 2 integrantes do “Clube dos Otários” conseguem ver Derry na pré-história e IT caído em uma bola de fogo vinda do espaço. IT na verdade veio de uma dimensão chamada macroverso e esperou milênios os humanos colonizarem a cidade para iniciar seus rituais. Faz sentido para você? Para mim foi muita cocaína!

4É tudo “coisado”

No livro, um dos capítulos narrados pelo próprio (ou própria) IT, é explicado que a cidade de Derry foi arquitetada para atender a suas necessidades alimentares. E também o povo da cidade é afetado pela influência da criatura.

Estes tópico em nossa lista de fatos sobre It: a Coisa explica porque o povo ignora os casos estranhos de violência e também o sumiço do mapa dos sistemas de esgoto de Derry. Além de justificar como IT é capaz de possuir pessoas. A Coisa é TUDO, e tudo é “coisado”!

3Universo Expandido

E você achando que só a Marvel e a DC possuem um universo expandido. Grande parte das obras de Stephen King são ambientadas em cidades localizadas no estado do Maine, onde ele nasceu. Como é o caso de Derry, a cidade fictícia onde a história se passa, este mesmo lugar é centro das obras “Insônia”, “Saco de Ossos”, “O Apanhador de Sonhos” e citado como um portal para A Torre Negra.

E para aumentar nossa viagem por este universo, quando o “Clube dos Otários” desce ao esgoto para enfrentar o monstro encontram uma tartaruga. Mas é só uma tartaruga perdida nos esgotos? Não, estamos falando de Stephen King!

A origem deste ser não é explicada, mas ela não é nada a menos e nada mais que a criadora do universo de King. Todo o nosso universo foi criado em uma bela crise de dor de barriga, e a tartaruga vomitou toda a existência conhecida. E para tornar tudo mais louco ainda existe uma outra entidade que criou a tartaruga. Mas não entre em pânico, estas informações foram jogadas em IT, porém esta entidade divina anfíbia é uma importante personagem em A Torre Negra. E é explicado que ela criou todo o universo que se passa as histórias de King.

Na minha visão a entidade que criou a tartaruga foi o próprio King. E em um belo dia quando eles estavam curtindo umas bebidas e doses de cocaína, a tartaruga passou mal e vomitou nosso mundo.

2Sexo infantil

Por favor se você acha qualquer tópico aqui muito absurdo, retorne para o 1º item da lista de 6 fatos sobre It: a Coisa. No livro depois que as crianças vencem IT: A Coisa em 1958, elas se perdem no esgoto escuro e ficam desesperadas, achando que iam morrer. Então Beverly, única menina do grupo, com 11 anos de idade, tem a ideia de que para todos ficarem unidos pela eternidade devem fazer sexo.

Berverly fica nua e convida seus amigos para o ato sexual. Todos obedecem e perdem a virgindade. Depois desse ato escrito por um cara drogado, no final do ato sexual, um dos garotos se lembra do caminho e eles conseguem voltar em segurança. Mas não fique estarrecido, a cena não contém atos de violência e é descrita de forma bem tranquila.

Recentemente Stephen King se pronunciou sobre o assunto:

“Eu não estava pensando muito no aspecto sexual do ato. O livro lida com infância e vida adulta – 1958 e Crescidos. Os adultos não se lembram de sua infância. Nenhum de nós se lembra do que nós fizemos quando éramos crianças – achamos que lembramos, mas não nos lembramos do jeito que realmente aconteceu. Intuitivamente, os Otários sabiam que precisavam se unir novamente. O ato sexual conecta a infância e a vida adulta. É outra versão do túnel de vidro que conecta as bibliotecas infantil e adulta de Derry. Os tempos mudaram desde que eu escrevi essa cena e hoje há mais sensibilidade em relação a essas questões.”

1Ele/ela não morreu e ainda teve filhos?

Como já sabemos tudo é um grande universo compartilhado. No livro O Apanhador de Sonhos (2001), o vilão alienígena Sr. Gray quer colocar esporos no sistema de água de Derry para contaminar a cidade com seu vírus. Ele quer fazer isso na caixa d’agua central. Porém, Jonesy (protagonista do livro) fala que ela foi destruída em 1985, fato ocorrido no final do livro IT.

Em determinado ponto Sr. Gray encontra uma placa com os seguintes dizeres: “A todos aqueles perdidos na tempestade / 31 de maio de 1985 / E para as crianças, todas as crianças / De Bill, Ben, Bev, Eddie, Richie, Stan e Mike, com amor / O Clube dos Otários”. E embaixo da placa, escrito em grafite vermelho, há o seguinte dizer: “PENNYWISE VIVE”.

Outro fato interessante é em A Torre Negra. Existe um personagem chamado Dandelo que se alimenta das emoções dos outros. Muitos fãs acreditam que ele é da mesma raça que IT. E para reforçar esta vertente, A Coisa colocou ovos no final do livro e a cidade de Derry serve como um portal para a Torre. Tem muita lógica, mas só quem pode responder é Stephen King e a tartaruga.

Chegamos ao final de nossa lista de 6 fatos sobre It: a Coisa. Mas como já falamos, a recente adaptação de IT retratou a 1º parte do livro, quando ocorre o 1º confronto contra Pennywise. Com o sucesso do novo longa esperamos ver o novo embate fazendo jus a toda a bizarrice do universo terrível e fantástico criado pela mente genial de Stephen King.

COMPARTILHAR
Artigo anteriorComo seria uma batalha Pokémon entre Iron Man e Spider-Man?
Próximo artigoO Nevoeiro 1º temporada – Análise
Sempre almejei ser orfão de pais bilionários, ganhar poderes com a radiação solar ou proteger a Deusa Athena, mas "One-above-all" não concedeu - me tais dádivas. Descontente com o destino que os deuses me impuseram tornei-me um leitor compulsivo, PCgamer, série maníaco e cultuador da força. Qual pílula você quer? A azul ou vermelha ?