Tempo de leitura: 03:25 min

Riverdale 1ª temporada é uma série original do canal americano CW, uma adaptação das HQs clássicas da série Archie. As histórias são muito populares nos E.U.A, sendo impressas desde 1941 e sofrendo vários reboots, o mais recente foi em 2015 pelas mãos de Mark Waid. Os quadrinhos não possuem uma história de heróis convencionais, como O Arqueiro-Verde ou The Flash, também adaptados pela CW. Sua narrativa é pautada em dramas teen e suspense policial.

O piloto de Riverdale 1ª temporada já vem mostrando qual o seu tema e estabelecendo alicerces para executar uma história com clima noir e dramas adolescentes. A ambientação é bem contextualizada, e lembra o clima da animação do Scobby-Doo. A pacata cidade de Riverdale é abalada pela morte do jovem Jason Blossom, herdeiro da família mais rica da cidade. Ele morreu “misteriosamente” no feriado de 4 de julho enquanto passeava de barco com sua irmã gêmea Cheryl. De acordo com Cheryl, Jason caiu acidentalmente do barco e se afogou.

Inicialmente a polícia local não encontra o corpo do jovem, e aceita a história da irmã. No entanto, o corpo de Jason é encontrado na beira do rio com um ferimento de bala no meio da testa. Daí por diante um grande drama e mistério toma conta da narrativa.

Riverdale 1ª temporada - Archie.
Archie.

Durante os capítulos somos apresentados aos protagonistas da série, todos compostos por jovens. Archie Andrews (KJ Apa) é um jovem bonito e promissor com o sonho de ser músico, além de ser um excelente aluno com alta popularidade, é o desejo da mulherada. Betty (Lili Reinhart), amiga de infância de Archie, é uma garota inteligente e gentil, mas possuidora de um instinto voraz. Jughead (Cole Sprouse), também amigo de infância de Archie, vem de uma família conturbada e possui uma personalidade isolacionista, ele é o típico estranho da escola. Veronica (Camila Mendes, ela é brasileira), é uma garota rica e sofisticada que chegou recentemente em Riverdale. E por último, Cheryl (a linda Madelaine Petsch), uma garota maldosa, vingativa e que gosta de fazer bullying com todo mundo, a típica garota má dos filmes teen norte americanos.

A produção não revela nada de inovador em sua narrativa. Tudo gira me trono do assassinato de Jason, e o espectador fica sendo despistado a cada episódio do real motivo ou do verdadeiro assassino. Todo capitulo acaba em clima de tensão, e quando começa o próximo com a tal revelação, não tem nada de surpreendente. A maioria dos segredos são banais e genéricos, mas dá para “engolir”.

Em contrapartida ao plot principal, existem várias subtramas sem significância alguma. O roteiro ainda tenta abordar assuntos como bullying, uma série de dramalhões e paixonites teens que não agregam nada significativo para a narrativa. Muitos desse temas são jogados de maneira forçada e imatura. Assuntos importantes são desperdiçados em um roteiro mau- escrito.

Riverdale 1ª temporada - Cheryl.
Cheryl.

O protagonista Archie acaba ficando apagado, apenas serve como elo entre os outros personagens. Enquanto isso, a “vilã” (Madelaine Petsch) rouba à cena com ótima atuação e ganha destaque, ela é uma linda “femme fatale”. No geral, o elenco “teen” é quem salva a narrativa de Riverdale 1ª temporada. Apesar do roteiro esdrúxulo, os atores surpreendem passando toda a confiança e drama necessários.

O cenário e toda a atmosfera obscura são exemplares, o trabalho de fotografia e arte são lindos. As cores fortes das vestimentas em contraste com a luz baixa das noites de Riverdale são admiráveis. Um espetáculo para os olhos. A produção conseguiu emular de maneira impecável o clima das HQs de mistério dos anos 40 e 50.

Riverdale tem potencial para ser melhor se souber combinar seu ótimo elenco com um roteiro bem estruturado. A série consegue chamar a atenção e prender o interesse do espectador, além de ser importante este tipo de produção para o público jovem. Vamos esperar que nas próximas temporadas, apesar de ter uma temática teen, o roteiro seja escrito de forma madura.

REVER GERAL
Riverdale 1ª temporada
Sempre almejei ser orfão de pais bilionários, ganhar poderes com a radiação solar ou proteger a Deusa Athena, mas "One-above-all" não concedeu - me tais dádivas. Descontente com o destino que os deuses me impuseram tornei-me um leitor compulsivo, PCgamer, série maníaco e cultuador da força. Qual pílula você quer? A azul ou vermelha ?