Tempo de leitura: 04:14 min

Made in Abyss primeira temporada é um anime baseado no mangá de mesmo nome, escrito pelo mangaká Akihito Tsukushi. A produção é do estúdio Kinema Citrus e conta com 13 episódios dirigidos por Masayuki Kojima, escritos por Hideyuki Kurata e com trilha sonora composta por Kevin Penkin.

Uma cidade construída em torno de um precipício, ofertas de objetos preciosos, relíquias com poderes desconhecidos e uma criança procurando sua mãe com um garoto robô para protegê-la. Isso é Made in Abyss!

Em um mundo distópico, a humanidade descobre um abismo de 1.000 metros de largura e aproximadamente 20.000 metros de profundidade, então é fundada a cidade de Orth ao redor. Com o intuito de descobrir os mistérios daquele abismo, os habitantes da cidade são especializados em exploração, inclusive existe uma escola para isso.

No palco da narrativa temos Riko, filha de uma das maiores desbravadoras da história de Orth. Ela mora em um orfanato com outros aprendizes de exploradores de caverna. Todos os órfãos são filhos de exploradores do abismo que morreram durante as expedições, e assim como seus pais, estudam técnicas para se aventurarem no único meio de subsistência existente em sua cidade, o Abismo.

Made in Abyss Primeira Temporada - Riko e Reg.
Riko e Reg.

Em um belo dia, Riko vai explorar o Abismo e quase perde sua vida. Porém foi salva pelo misterioso, simpático e sem memória “menino robô”, Reg. Pouco depois, Riko recebe uma mensagem em meio à misteriosos documentos, falando que sua mãe (Lyza), possuidora do título de “Lord da Aniquilação” e uma lendária exploradora, está no Abismo à sua espera. Nestes mesmos documentos também existe menção de Reg, então a jovem e o menino robô decidem se unir para chegarem ao fundo do Abismo. É dada a largada para uma linda aventura começar!

Apesar da sinopse parecer uma história de conto infantil, a jornada de Riko e Reg é cheia de dificuldades e tensão. O Abismo é traiçoeiro e cheio de maldições e perigos inimagináveis, ninguém que entrou nas suas profundezas retornou do mesmo jeito. Para muitos é uma viagem apenas de ida, tendo a morte como única certeza.

Made in Abyss primeira temporada tem uma narrativa espetacular, é um dos melhores animes que já tive a honra de assistir, ele foge completamente dos clichês das narrativas nipônicas. O enredo é magnificamente trabalhado levando o espectador em uma viagem tão imersiva e profunda quanto o próprio Abismo. Todos os diálogos e cenas tem seus propósitos, nada é perdido, tudo é lindamente amarrado.

Cada personagem tem seu tempo de tela usado de forma perfeita, e todos possuem uma importância relevante para a aventura. A construção dos personagens e suas motivações são envolventes e contextualizadas. Para cada pergunta feita pelo espectador existe uma resposta coerente com a narrativa. Mas para cada resposta sempre espere outra pergunta, Made in Abyss é cheio de mistérios instigantes.

A dublagem de Made in Abyss primeira temporada é muito agradável, não tem aqueles exageros vistos nos clássicos shounens como Dragon Ball, Cavaleiros do Zodíaco, etc. Você não verá os personagens repetindo o tempo inteiro o nome do outro ou gritando sem necessidade. “Goku?”, “Vegeta?”, “Goku?”, “Vegeta?”, “Seiya?”, “Saoriiiiiiiii…”, “É você Picollo?”, os verdadeiros geeks otakus entenderão o que estou falando.

Made in Abyss Primeira Temporada - Nanachi
Nanachi

O estilo de arte fofinha e alegre com personagens estilo chibi podem fazer muitas pessoas acharem que se trata de um anime com história infantil. Mas, Made in Abyss primeira temporada tem uma ambientação com tons escuros, bem estilizada e madura. Belas imagens com uma linda paleta de cores enriquecem a experiência. Os cenários de fundo parecem pintados à mão, tudo é muito belo, o sol brilhando com o oceano, rios e córregos da bela cidade de Orth e também dentro do Abismo. E tudo é orquestralmente acompanhado de uma trilha sonora meticulosamente utilizada nos momentos certos.

O clima de tensão e melancolia permeia o tempo inteiro no anime. Mas quando conquistas são realizadas, é impossível não vibrar e se emocionar com os personagens. Riko e Reg são muito carismáticos, eles realmente agem como crianças em uma aventura, e vão amadurecendo com seus erros. Eu particularmente me apaixonei pela personagem Nanachi, ela aparece nos episódios finais do anime. A personagem tem uma linda e triste historia de superação, e apesar de ser uma criança, mostra uma incrível maturidade além de ser incrivelmente cativante. Meus olhos geeks encheram de lágrimas ao saber de seu passado e suas motivações.

Made in Abyss ganhou o prêmio de “Melhor Anime” no Anime Awards 2018 e foi muito merecido. Complexo, lindo, obscuro e aterrorizante. Possuidor de uma narrativa rica, profunda e com lições de superação, coragem, alegria, tristeza e outros sentimentos muitas vezes difíceis de expressar. O anime vai muito além das palavras que utilizei ou premiações, sua complexidade e profundidade são maiores que o próprio Abismo.

REVER GERAL
Made in Abyss
Sempre almejei ser orfão de pais bilionários, ganhar poderes com a radiação solar ou proteger a Deusa Athena, mas "One-above-all" não concedeu - me tais dádivas. Descontente com o destino que os deuses me impuseram tornei-me um leitor compulsivo, PCgamer, série maníaco e cultuador da força. Qual pílula você quer? A azul ou vermelha ?