the witcher 3 hearts of stone
Tempo de leitura: 03:44 min

A prática do DLC se tornou hoje praticamente obrigatória para quase todos os jogos blockbusters lançados. A questão é que na maioria das vezes não passam caça-níqueis que apenas repetem as mesmas coisas do game principal, não acrescentando nada à narrativa ou à jogabilidade, ou são tão breves que nem valem o custo. Este Hearts of Stone, primeiro DLC pago de The Witcher 3: Wild Hunt (antes disso foram liberados 16 pequenos DLCs gratuitos) não é nenhuma dessas coisas e mantêm o alto nível de qualidade e a promessa feita pela desenvolvedora CD Projekt Red de que os DLCs pagos do game (há mais um previsto para fevereiro) realmente valeriam a pena.

A narrativa se passa durante os eventos da trama principal e é um dos pontos fortes da expansão e coloca Geralt de Rívia em confronto com o intrigante Olgierd von Everec. Não quero estragar muito da história aqui, mas é um hábil conto sobre oportunidades perdidas, a ilusão de livre arbítrio e uma série de outras coisas, sendo simultaneamente um romance, uma história de terror e um estudo de personagem. Além de von Everec, somos introduzidos a outros personagens igualmente bem construídos como o misterioso Gaunter O’Dim e o reencontro com a médica Shani, que apareceu no primeiro game da série.

The Witcher 3 Hearts of Stone: Geralt e Shani
Geralt e Shani

A história acerta também ao colocar Geralt em situações pouco usuais como o momento em que ele precisa dar um discurso durante um casamento ou participar do planejamento de um roubo. São momentos que fazem o personagem sair de sua tradicional postura estoica, dando a ele novos contornos e nuances e ajudando a humanizá-lo.

O DLC amplia a área a nordeste de Oxenfurt, adicionando novos locais, vilas, atividades e missões paralelas a desempenhar, fazendo a expansão durar algo em torno de 10 a 15 horas dependendo do quanto você irá explorar. Como se passa em uma área já conhecida, não temos muitos ambientes que sejam radicalmente diferentes de tudo que já vimos na região de Novigrad, mas mantém o mesmo detalhamento e nível de cuidado apresentado na campanha original.

The Witcher 3 Hearts of Stone: Geralt

Os novos ambientes trazem alguns novos inimigos como javalis selvagens ou os aracnomorfos, monstros insetoides bastante ágeis que normalmente atacam em bandos e podem desferir golpes venosos ou prender Geralt em teias. Enfrentar essas criaturas exige atenção e movimento constante para não sucumbir aos seus incessantes ataques nem ser pego de surpresa por suas velozes esquivas. Temos também ótimas batalhas contra chefões, incluindo um gigantesco sapo mutante, um mago ofieri e mais alguns outros. Devo dizer que os embates que encontrei ao longo do DLC são, em geral, mais desafiadores que aqueles que enfrentei na campanha principal.

The Witcher 3 Hearts of Stone: Game Play
Geralt enfrenta um dos chefões da nova aventura

Temos também a introdução de uma nova mecânica na forma das Runewords, palavras rúnicas que podem ser alocadas nas suas armas e armaduras a partir de combinações de três runas. Ao aplicar uma Runeword o jogador ocupa os três slots de runas do equipamento em troca de algumas vantagens que trazem novas possibilidades estratégicas no combate, como o encantamento que permite Geralt recuperar energia quando enche a barra de adrenalina. Se o equipamento que deseja encantar possui menos de três slots, o encantador oferece a possibilidade de pagar para adicioná-los aos seus itens.

As Runewords são, em tese, uma ótima maneira de usar aquelas runas que estão fazendo volume no seu inventário, o problema é o alto custo que elas exigem. Para ter acesso a elas é preciso ajudar o comerciante ofieri que as faz a restaurar suas ferramentas, o que exige um alto investimento financeiro ao longo de três níveis de reforma da oficina (que exigem 5, 10 e 15 mil moedas) e não tenho certeza se elas realmente valem todo esse dinheiro, já que não as usei tanto assim. Isso, porém, é um pecadilho frente a tantos acertos e a um produto final tão bem cuidado.

Conclusão

The Witcher 3 Hearts of Stone representa o jeito correto de se produzir DLC, trazendo a mesma qualidade do material original ao mesmo tempo em que expande o universo, aprofunda o desenvolvimento de seu protagonista, adiciona novas mecânicas e empolgantes embates contra novos inimigos.

Obs: O DLC, assim como o jogo original, está disponível para PS4, Xbox One e PC. Falando em PC é possível garantir essa expansão na steam.