Tempo de leitura: 06:21 min

Recentemente a Marvel conseguiu movimentar bastante a comunidade nerd. Isso não aconteceu por causa do anúncio de algum filme, mas sim por causa de um anúncio que muda praticamente toda a história de um dos seus principais personagens. Foi anunciado que o Capitão América é um agente da Hydra. Acompanhe aqui comigo e entenda essa “treta”.

A grande revelação aconteceu em Captain America: Steve Rogers #1, a nova HQ do personagem que chegará as bancas nesse mês de Agosto com roteiro de Nick Spencer e artes de Jesus Saiz. E antes de falar minha opinião sobre o acontecimento, é preciso contar um pouco sobre o que aconteceu na HQ. Então cuidado porque lá vem spoiler.

Um breve resumo

Toda a edição se passa alternando entre dois tempo: o tempo atual e a infância de Steve Rogers. Em sua infância acabamos conhecendo um pouco da vida do Capitão e vemos as injustiças e agressões que a sua mãe Sarah Rogers sofre de Joseph, o pai de Steve. Vendo essa relação não é difícil de imaginar porque Steve Rogers se tornou um herói com grandes ideais. Mas a HQ apresenta novos fatos sobre sua origem. Sua mãe conheceu uma mulher chamada Elisa Sinclair, um membro da Hydra que a convida para participar dos encontros da organização. Mesmo com Sarah tendo ficado em dúvida sobre aceitar o convite, a história leva a entender que em algum momento ela entra para a organização.

"Convite" para Hydra
“Convite” para Hydra

Já no tempo atual, vemos o Capitão América combatendo, com a ajuda da S.H.I.E.L.D., um dos seus maiores inimigos, a Hydra, que agora esta sendo liderada pelo Caveira Vermelha. O quadrinho mostra sua preocupação em combater a organização para então no final, durante uma sequência de combate contra o Barão Zemo, Capitão América é salvo por Jack Flag para logo depois jogá-lo de cima de um avião e falar a temida saudação “Hail Hydra”, finalizando assim um quadrinho que simplesmente dividiu a internet.

cap_america_05

É interessante notar que o roteiro é feito pra você lembrar o quanto o Capitão América é um ícone de heroísmo e um espelho para outros heróis. A conversa de Jack Flag e Free Spirit, onde eles tentam se vangloriar pelas vezes que tiveram a honra de trabalhar com o Capitão, o final onde Jack Flag se empolga em poder salvar o seu grande herói de uma morte certa na mão de Zemo e até mesmo toda a narração do Capitão América durante a HQ, que nos leva a crer que ele estava falando sobre ser um verdadeiro herói, mas no final você vê que todas as suas falas eram sobre a Hydra.

É meio assustador perceber que nessa frase ele esta se referindo a uma das piores organizações do mundo: “No momento certo, qualquer um de nós pode ser um herói. Acredito nisso porque desde que era um jovem garoto, eu tenho visto com meus próprios olhos. Aqueles exemplos me inspiraram e eu faço o que posso para seguir seus passos”.

Capitão América lançando Jack Flag para fora do avião.
Capitão América lançando Jack Flag para fora do avião.

Mas afinal, o Capitão América realmente é da Hydra?

A repercussão dessa revelação foi tão grande e a aceitação foi tão ruim que o roteirista Nick Spencer já sofreu ameaças de morte e alguns fãs já queimaram quadrinhos em protesto. Mas eu não acredito que a Marvel esteja louca ao ponto de fazer isso e o próprio Spencer já disse que o legado do Capitão América não será jogado no lixo. Apesar de ainda não ter explicado muita coisa, a HQ praticamente deixou claro que Steve Rogers sempre foi um agente da Hydra e já foi confirmado também por ele que quem aparece na HQ realmente é Steve, ele não esta sob lavagem cerebral, não é um clone, não é um gêmeo maligno. Aquele é Steve Rogers e isso é um fato.

Caveira Vermelha e o Cubo.
Caveira Vermelha e o Cubo.

cap_america_1Capitão América foi criado em 1940, época da Segunda Guerra e suas aventuras iniciais geralmente incluíam lutas contra nazistas, inclusive a capa da primeira edição mostrava o Capitão dando um soco em Hitler. Com o tempo ele se tornou um ícone de heroísmo, alguém sempre disposto a fazer o certo e muitas vezes uma bússola moral para outros heróis. Dizer que ele sempre foi um agente da Hydra simplesmente joga no lixo todo o seu legado e tudo o que ele fez até hoje.

Uma revelação desse nível chega a deixar o próprio leitor traído. É como se aquela pessoa que você sempre confiou fosse na verdade um grande traidor pronto para te dar uma rasteira na primeira oportunidade.

Por outro lado seria um dos maiores plot twist da história dos quadrinhos. Imagina explicar o quanto o Capitão América influenciou secretamente nos acontecimentos do Universo Marvel e como ele arquitetou todo um plano para a dominação mundial da Hydra. Ele é simplesmente o agente duplo perfeito, alguém que não levantaria suspeitas porque possui o respeito de todo mundo.

Esse poderia ser um roteiro realmente sensacional para uma Graphic Novel e dessa forma poderia ser algo realmente incrível porque seria uma história fora da cronologia principal, o roteirista poderia ousar a vontade sem se importar muito com as consequências desse evento pois esse seria um universo contido.


Não sabe o que é Graphic Novel? Descubra aqui


Quem acompanha quadrinhos sabe o quanto é normal que as coisas estejam em movimento e vezes ou outra algo mude na vida de um herói. Isso é necessário para renovar, para dar um novo gás a um personagem (certo que nem sempre isso da certo), e é pensando nisso que eu não acredito que o legado do Capitão América será destruído, apesar de que Spencer precisa tomar cuidado porque o que acontecer agora pode acompanhar o personagem para sempre.

Capitão América
Capitão América

Como o próprio Spencer já disse, muita coisa será revelada na segunda edição da HQ e provavelmente assim ficaremos sabendo mais detalhes sobre o que esta acontecendo. Duas imagens da nova edição já foram divulgadas e elas dão destaque ao Cubo Cósmico, em uma delas podemos ver o Capitão América quebrando o Cubo durante uma luta com o Caveira Vermelha que provavelmente acontece em algum pronto do passado, já que seu uniforme e escudo são diferentes do atual.

Levando tudo isso em consideração, vendo todo o foco que a primeira edição deu ao Cubo Cósmico (no final da HQ ele é citado infinitas vezes), sabendo que o Caveira Vermelha esta liderando a Hydra e vendo uma cena envolvendo ambos os personagens e o Cubo, não é difícil desconfiar que tem algo a mais nessa historia. O Cubo Cósmico pode alterar a realidade e o Caveira Vermelha poderia ter feito uso do artefato para transformar seu maior inimigo em um poderoso aliado. Vendo por esse lado, se a historia for trabalhada em algo nessa linha e com o devido cuidado, ela pode ser a base para uma saga muito interessante.

Sequencias de cenas da luta entre Capitão América e o Caveira Vermelha
Sequencias de cenas da luta entre Capitão América e o Caveira Vermelha

Jogar no lixo um personagem famoso como o Capitão América não parece ser uma escolha inteligente e eu estou tentando acreditar na Marvel e nas palavras de Spencer de que o legado de Steve Rogers não será destruído. Tento acreditar que esse é só o inicio de um novo arco do personagem, onde ficaremos sabendo que tudo não passou de algum plano de um dos seus inimigos e no final ele ira voltar a ser o bom e velho Steve Rogers que muitos de nos seguimos durante a Guerra Civil.


E vocês visitantes do boteco mais nerd do Brasil, o que esperam dessa reviravolta na história do Capitão América?